28 maio 2007

O voto é secreto na Madeira?

Notícia do Público de 21.05.2007

«O PS denuncia o facto de presidentes de junta terem obrigado membros das mesas a deslocarem-se fora das assembleias para recolherem votos e de mesas que deixaram votar cidadãos não munidos de identificação. Nuno Godinho de Matos, porta-voz da CNE, considerou "escandaloso um dos casos reportados, o de uma mesa de voto que aceitava pessoas votarem acompanhadas com a desculpa de que estavam psicologicamente incapazes". Os socialistas protestaram também pela presença de presidentes de junta, 47 dos quais candidatos suplentes do PSD, junto das assembleias de voto, recebendo e conduzindo os eleitores. Contestaram ainda a utilização de viaturas do Governo para transportar eleitores às mesas de voto, transporte este "não publicitado" e de que apenas "beneficiaram determinados eleitores".»

A fonte das notícias (o PS-Madeira) não será a mais imparcial, mas será que alguém duvida que isto aconteça?

2 comentários:

Miguel disse...

Só é pena que os socialistas da madeira protestam muito e fazem pouco... já os do continente (do governo) são adeptos da ditadura democrática à americana... mas isso é outra história de embalar.

Problemas na politica há em todo o lado e a causa deles não são os "Albertos" de portugal,
é antes a partidocracia que não deixa que hajam pessoas verdadeiramente competentes e sem interesses partidários

Ao invés de se preocupar com a "independencia da madeira" talvez fosse melhor prestar mais atenção às verdadeiras causas do que empina a aplicação de boas "policies".

Como exemplo será que a disciplina de voto (partidária) na assembleia é democrática? ou mesmo, porquê a busca incessante pela maioria?

Proponho o caso Madeirense como um mero reflexo do que se passa e na politica do país... ideologias a mais ... ideias a menos...

Anónimo disse...

Votei e não fui acompanhado! serei caso único? vou escrever para a Maria a ver o que me dizem!